Industria

Industria

Projeto de implantação do Polo industrial de madeiras em Feijó já esta pronto:

 
De acordo com o secretário o projeto de implantação do pólo moveleiro, inclusive a planta estão prontos, só está faltando o processo licitatório que irá acontecer em no máximo trinta dias, para que se inicia construção da obra. 
 
 
 
O processo licitatório já se encontra aberto na comissão de licitação do governo do estado e tem um prazo de trinta dias para que as empresas que se habilitarem apresentem suas propostas e façam a disputa dentro da legalidade para que se possa contratar.  O secretário espera que não haja nenhum tipo de empecilho para que no máximo em trintas dias, possa se fechar o processo licitatório e já dar a ordem de serviço para se iniciar a construção desta infra-estrutura, tão importante e definitiva do pólo industrial e moveleiro do município de Feijó.

Recursos
Tem-se uma previsão orçamentaria, porém é o processo licitatório que vai estabelecer o valor de investimentos nesta obra, que será entre R$ 3.200.000,00 a 3.500,000,00 de investimentos por parte do governo do Acre em todo infra-estrutura.

De acordo com o presidente da associação dos moveleiros de Feijó, Marcos Júnior Gomes de Souza, o setor moveleiro passou por vários anos de opressão e perseguição e sendo sempre marginalizado e excluído por parte dos órgãos de legalização madeireiro do Estado, sem ter nenhum amparo e apoio por parte das autoridades constituídas.  

Após vários anos de exclusão do processo de geração de renda e emprego.  O governador Tião Viana, por meio de suas políticas públicas, tornou o processo diferente, ao invés dos moveleiros correrem em busca de melhoria para o setor. Agora é o contrário é governo por meio da secretaria de indústria e comércio do estado é que está à procura do setor moveleiro, para se dá e ter todo um processo de legalização do setor, para todos possam trabalhar legalmente.
      
 
Fonte: AcreFeijó