Retrô 2011

Retrô 2011

FATOS QUE MARCARAM 2011

 

12/JANEIRO

Chuva espalha destruição na Região Serrana do RJ

Mais de 900 mortos e quase 30 mil pessoas sem casa. Esse foi o saldo da enxurrada de 11 de janeiro que atingiu cidades como Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo. A tragédia natural foi uma das maiores da história do Brasil. Até hoje, a reconstrução não terminou. E há denúncias de irregularidades na gestão de recursos públicos destinados aos municípios atingidos. Na foto, uma área de Teresópolis no dia seguinte à tempestade

 


14/JANEIRO

Revolta Árabe une descontentes e derruba ditadores

Um vendedor de frutas ateou fogo ao próprio corpo depois de perder sua barraca, supostamente por não pagar propina. Sua morte em 4 de janeiro deu impulso a protestos e, dez dias depois, o ditador Ben Ali deixou a Tunísia após 23 anos no poder. No mundo árabe, milhares foram às ruas e à internet contra governos autoritários e corruptos. O líbio Muammar Khadafi, 42 anos no poder, foi capturado e morto. Na foto, manifestantes na Praça Tahir, no Egito, em 11 de fevereiro, dia da renúncia de Hosni Mubarak

 


 

29/JANEIRO:

Ano novo, novos ataques na região da Paulista

A região da Av. Paulista, em São Paulo, passou a ser temida pelos homossexuais. Desde o fim de 2010, grupos de intolerância agridem gays em ruas próximas. Em janeiro de 2011, um homossexual de 27 anos levou uma garrafada na Rua Peixoto Gomide. Em outubro, um casal apanhou em frente a um restaurante. A polícia diz que apura os crimes. Na foto, um jovem que teve a perna quebrada por agressores em outubro




31/JANEIRO:

Silvio Santos vende seu banco, o Panamericano

Em outubro de 2010, o Banco Central detectou um rombo nas contas do Banco Panamericano. O empresário Silvio Santos, controlador do banco, conseguiu um empréstimo de R$ 2,5 bilhões, dando todas as suas empresas como garantia. O banco acabou vendido, em janeiro, para o BTG Pactual. Suspeitos de fraude, seu diretor-presidente e o presidente do grupo foram indiciados pela PF. Na foto, Silvio Santos, ao anunciar a venda do banco



27/FEVEREIRO

Acidente com trio elétrico deixa 16 mortos em MG

Uma festa pré-carnaval em Bandeira do Sul, MG, terminou com um acidente grave que deixou 16 mortos e dezenas de feridos no dia 27 de fevereiro. Segundo a companhia elétrica Cemig, uma serpentina metalizada jogada em um cabo de energia deve ter sido a causa. O cabo teria se partido e caído no chão, atingindo o trio elétrico. As vítimas estavam na rua e em cima do trio. Na foto, Bandeira do Sul, dois dias após o acidente

 

 

 

 


11/MARÇO


Tsunami varre a costa nordeste do Japão

Um terremoto de 8,9 graus de magnitude atingiu o arquipélago do Japão no começo da tarde de 11 de março. Foi o maior na história do país e o sétimo no mundo. Ondas gigantes invadiram cidades na região noroeste chegaram a danificar a usina nuclear de Fukushima. Prédios a até 20 km ao redor da usina foram contaminados naquele que foi o pior desastre nuclear desde o acidente em Chernobyl. Na foto, a cidade de Miyako, ao ser atingida por um tsunami

 

 


 

20/MARÇO


Obama, Michelle e filhas visitam Brasília e Rio

O presidente Barack Obama trouxe a família ao Brasil. Em Brasíllia, foi recebido pela presidente Dilma Rousseff. No Rio, entre um compromisso e outro, Obama ordenou, via satélite, um ataque militar à Líbia. No Theatro Municipal, fez um pronunciamento ao povo brasileiro, com a mensagem de que os dois países devem ser 'parceiros iguais', sem relação de 'sênior' e 'júnior'. Na foto, Obama no Palácio do Planalto, em 19 de março

 

 

 


 

7/ABRIL


Atirador mata 12 crianças em escola de Realengo

Wellington Menezes de Oliveira matou 12 crianças, em 7 de abril, em uma escola de Realengo, na Zona Oeste do Rio. O ex-aluno entrou no colégio com dois revólveres calibre 38 e muita munição. A tragédia não foi maior porque o policial Márcio Alves fazia uma blitz perto da escola e foi chamado por um aluno baleado. Após ser atingido, o atirador de 23 anos se suicidou. Na foto, Wellington, em imagem achada em seu computador e divulgada pelo governo em 15 de abril

 

 

 


29/ABRIL


Príncipe William e Kate Middleton se casam em Londres

Trinta anos depois do casamento entre Charles e Diana, novamente a monarquia britânica teve uma cerimônia matrimonial entre um príncipe e uma plebeia: William e Kate Middleton. O 'sim' foi transmitido para o mundo todo e acompanhado por milhões de pessoas. Uma multidão se aglomerou em frente ao Palácio de Buckingham para ver o aguardado beijo real do casal mais comentado de 2011







29/ABRIL


Chuvas em Alagoas deixam milhares desalojados

Fortes chuvas atingiram Alagoas em abril e, no dia 29, uma criança morreu após um desabamento em São Luís do Quitunde. No início de maio, o estado registrava mais de 3 mil pessoas fora de casa. Todos os municípios que relataram prejuízos à Defesa Civil enfrentam problemas no fornecimento de água, energia ou transporte. Na foto, São Luís do Quitunde, em 1º de maio






2/MAIO


EUA anunciam a morte de Bin Laden no Paquistão

O líder da al–Qaeda foi morto durante uma operação sigilosa realizada pelos EUA em parceria com o governo do Paquistão, no início da madrugada do dia 2, no horário paquistanês. Na foto divulgada pelo governo americano, Obama acompanha na Casa Branca, em tempo real e cercado de assessores, imagens e informações da operação realizada no outro lado do mundo. Depois, Obama foi à TV e declarou: 'A justiça foi feita'




14/MAIO


Chefe do FMI é preso sob suspeita de agressão sexual

Acusado de agressão sexual contra uma camareira em Nova York, o diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional, Dominique Strauss-Kahn, deixou o cargo e foi substituído por Christine Lagarde. Ele foi preso no aeroporto em 14 de maio, ao tentar embarcar para a França. As acusações contra ele acabaram sendo retiradas e, recentemente, foi aventada a hipótese de uma armação. Na foto, Strauss-Kahn à espera de ser solto sob fiança em 16 de maio




22/MAIO

Tornado provoca destruição em Joplin, nos EUA

O tornado que atingiu em maio a cidade de Joplin, no Missouri, foi um dos mais devastadores já registrados no país e deixou um triste cenário de devastação, com cerca de 900 casas e edifícios destruídos. O saldo de mortes aumentou durante vários meses à medida que pessoas faleciam em decorrência dos ferimentos sofridos, chegando, em novembro, a 161. Na foto, Joplin, em 23 de maio


 

25/MAIO


Dilma manda suspender kit anti-homofobia

Em maio, o projeto do Ministério da Educação de produzir e distribuir em escolas públicas o kit anti-homofobia, com vídeos e apostilas sobre a diversidade sexual, foi suspenso pela presidente Dilma. Segundo ela, o governo não pode interferir na vida privada dos brasileiros. O MEC prometeu elaborar um novo projeto, abordando, além da homofobia, outras formas de preconceito. Na foto, o deputado Jair Bolsonaro, que crítica o kit, em 13 de julho



1/JUNHO


Ibama dá licença, e começam as obras de Belo Monte

O órgão ambiental do governo anunciou em 1º de junho que liberou a construção da usina no Rio Xingu, no Pará. Quando completa, Belo Monte será a 2ª do país em capacidade de geração de energia. A obra pode desmatar até 175 km² da Floresta Amazônica e segue alvo de protestos e ações judiciais. Em novembro, a Justiça Federal negou pedido para suspender as obras. Na foto, o cacique Raoni, durante manifestação em frente ao Congresso Nacional, em 8 de fevereiro



7/JUNHO


Primeiro ano de Dilma tem queda de 7 ministros

Antonio Palocci foi o primeiro a cair, em junho, e Carlos Lupi, o último. Desde 7 de junho, quando o ministro da Casa Civil deixou seu cargo, o governo Dilma perdeu sete ministros indicados por Lula, seis deles alvos de denúncias. Atualmente, Fernando Pimentel (Desenvolvimento) e Mário Negromonte (Cidades) estão na berlinda. Na foto, ainda no cargo em 17 de novembro, Lupi deixa o Senado após prestar esclarecimentos



7/JUNHO


Vulcão chileno Puyehue cancela voos no Brasil

A erupção do vulcão chileno Puyehue, em junho, provocou a formação de coluna de cinzas de 10 km de altura e 5 km de largura. A nuvem de cinzas prejudicou voos no Chile, Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Peru. Em novembro, as cinzas continuavam a ser expelidas e a prejudicar voos na Argentina e no Chile. Na foto, a erupção é vista na zona rural de Puyehue, em 21 de junho



9/JUNHO


Cesare Battisti é libertado e decide ficar no Brasil

Em agosto, o italiano Cesare Battisti obteve os documentos que permitem a ele morar definitivamente no Brasil de maneira legal. Battisti deixou o Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, em 9 de junho, após decisão do Supremo Tribunal Federal, que rejeitou o recurso com pedido de extradição dele para a Itália. Ele recebeu pena de prisão perpétua na Itália pelo assassinato de quatro pessoas no final da década de 70. Na foto, manifestante pede a sua libertação em 10 de fevereiro



21/JUNHO


Nasa realiza a sua última missão tripulada

O Atlantis encerrou a última missão de um ônibus espacial. Os veículos foram usados no transporte de carga e de astronautas para o espaço durante 30 anos. Desde a aposentadoria das naves, os EUA têm dependido de caronas nas naves russas Soyuz para chegar à Estação Espacial Internacional. A partir de 2012, empresas privadas também realizarão voos para a Nasa. Na foto, o último pouso do Atlantis no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, em 21 de junho

 


28/JUNHO


Registrado o 1º casamento civil gay do Brasil

No fim de junho, a Justiça de São Paulo converteu a união estável homoafetiva entre o cabeleireiro Sérgio Kauffman Sousa e o comerciante Luiz André Moresi em casamento. O casal celebrou a decisão judicial, a primeira do Brasil, em um cartório em Jacareí, cidade no interior paulista onde mora. Com a oficialização, os dois se tornaram casados “no papel” e passaram a usar o mesmo sobrenome: Sousa Moresi


 


30/JUNHO

 


Chávez admite ter câncer e se trata em Cuba

Na noite de 30 de junho, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, foi à TV e anunciou ter retirado um tumor. O pronunciamento foi feito em Cuba, onde foi operado. Chávez nunca revelou detalhes do câncer, mas sabe-se que passou por uma cirurgia no abdômen, e houve intensas especulações de que seu estado seria pior do que ele admite. Ao retornar a Caracas, disse estar 100% curado. Na foto, Chávez em cerimônia no Palácio Miraflores, em Caracas, em 21 de agosto



 

16/JULHO


Avião cai logo após decolar e mata 16 no Recife

Um avião de pequeno porte da empresa Noar Linhas Aéreas partiu por volta das 6h51 com destino a Mossoró, RN, com escala em Natal. Assim que decolou, o piloto informou à torre de controle que estava em emergência e tentou fazer um pouso forçado em um terreno próximo à praia de Boa Viagem. A queda deixou 16 mortos. Na foto, os destroços da aeronave

 



22/JULHO


Norueguês mata 77 em ataque a bomba e tiros

O norueguês Anders Breivik detonou uma bomba no centro de Oslo e depois se dirigiu a uma ilha, onde disparou e matou pessoas em um acampamento jovem de um partido de esquerda, deixando um total de 77 mortos. Preso, ele admitiu a autoria do massacre e disse que foi necessário para manter a Europa longe da invasão muçulmana. Um relatório da promotoria o considerou insano. Na foto, homem é socorrido no centro de Oslo no dia do massacre, 22 de julho


 


23/JULHO


Amy Winehouse é encontrada morta aos 27 anos

Em janeiro, Amy Winehouse escolheu o Brasil para voltar aos palcos após passar meses fora deles devido ao abuso de álcool e drogas. Os shows foram curtos, apáticos e divididos entre histeria e decepção. Seis meses depois a talentosa cantora de 27 anos foi encontrada morta em sua casa, em Londres. Segundo a perícia, Amy teve uma morte acidental provocada pelo excesso de bebida alcoólica. Na foto, flores em frente à casa de Amy, no bairro de Camden Town, um dia após a morte



12/AGOSTO

 

Maior campo de refugiados do mundo faz 20 anos

Construído em 1991 para abrigar 90 mil pessoas, o campo de Dadaab, no Quênia, reúne hoje 380 mil refugiados. A situação se agravou neste ano. A pior seca no Chifre da África em 60 anos chegou a levar diariamente ao menos 800 pessoas à região. O G1 esteve no campo no início de agosto e relatou: refugiados 'chegam sem nada além da roupa do corpo, exaustos das caminhadas de semanas, às vezes meses, famintos em busca de abrigo'. Na foto, acampamento do Médicos sem Fronteiras, em 28 de julho



9/SETEMBRO

Facebook se torna a rede social nº 1 do Brasil

Em agosto, o Facebook abriu escritório no Brasil, com uma equipe de 16 pessoas comandada por Alexandre Hohagen, ex-chefe do Google para a América Latina. No mesmo mês, Hohagen teve uma vitória contra ex-empresa. O Facebook, maior rede social do mundo, ultrapassou a audiência do Orkut, do Google, no Brasil, um fato inédito. Os dados foram divulgados em 9 de setembro. Na foto, o escritório do Facebook em Nova York em 2 de dezembro


 

17/SETEMBRO


Crise financeira atinge os EUA e Europa

O desemprego nos EUA continua alto, e a retomada da economia patina. Na Europa, Grécia, Irlanda, Portugal, Espanha e Itália apresentam dívidas grandes demais para serem 'resgatadas'. No meio dessa crise global, surgiu em setembro em Nova York o Ocupe Wall Street, contra a influência empresarial na sociedade americana. O movimento se espalhou pelo país e pelo mundo. Na foto, manifestante usa máscara inspirada no filme 'V de vingança', em NY, em 15 de outubro



 

21/SETEMBRO


Ex-DEM, Gilberto Kassab cria o partido PSD

Fundado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, no início do ano e após uma série de denúncias de fraudes em assinaturas de apoio à criação da sigla, o Partido Social Democrático (PSD) teve seu registro admitido pelo TSE em setembro. Definido por Kassab como uma legenda 'nem de direita nem de esquerda', já é a terceira maior bancada na Câmara. Na foto, Kassab participa de encontro com lideranças políticas na Paraíba em 30 de abril



23/SETEMBRO


Rock in Rio volta ao Brasil após dez anos na Europa

Após passar por Lisboa e Madri, o Rock in Rio voltou para a sua cidade original dez anos depois da última edição. Em sete dias, cerca de 700 mil pessoas passaram pela nova Cidade do Rock para assistir aos shows de 160 atrações, como Katy Perry, Stevie Wonder, Rihanna, Metallica e Coldplay. Os ritmos foram variados, mas o bordão que marcou foi um só: 'Hoje é dia de rock, bebê'. Na foto, fonte d'água na Cidade do Rock, em 1º de outubro

 


5/OUTUBRO


Morre Steve Jobs, criador e visionário da Apple

Neste ano, a Apple celebrou o fato de ter se tornado a empresa de capital aberto de maior valor de mercado do mundo. E lamentou a morte de seu criador. Steve Jobs, 56 anos, perdeu a luta que travava contra o câncer desde 2004. Como legado, fica a visão de simplicidade que ele impôs no mercado de tecnologia e os revolucionários iPad, iPhone e iPod. Na foto, uma homenagem a Jobs em loja da Apple em São Petersburgo, na Rússia, em 6 de outubro

 

 


23/OUTUBRO


Cristina Kirchner é reeleita presidente da Argentina

As eleições primárias feitas em agosto já indicavam a reeleição com folga de Cristina Kirchner na Argentina. Em outubro, a viúva do ex-presidente Néstor Kirchner foi eleita no 1º turno com quase 54% dos votos, a maior votação de presidente desde a redemocratização do país em 1983. O kirchnerismo também retomou a maioria na Câmara e no Senado. Na foto, Cristina no dia de sua posse, 10 de dezembro

 


24/OUTUBRO


Ponte Rio Negro é inaugurada no Amazonas

Em 24 de outubro, foi inaugurada uma das maiores obras de engenharia da Amazônia, a Ponte do Rio Negro, que liga Manaus a Iranduba. A tecnologia empregada na ponte permite a passagem de um transatlântico, mas ela demorou a ficar pronta e custou mais do que orçamento inicial: foram quase quatro anos para ser concluída ao custo de R$ 1,099 bilhão. A ponte tem mais de 3,5 km e é segunda maior sobre um rio no mundo

 


 

25/OUTUBRO


Escola do Ceará antecipou questões do Enem

Em novembro, a Justiça anulou 14 questões do Exame Nacional do Ensino Médio para 639 alunos do Colégio Christus, de Fortaleza (CE). Em 25 de outubro, um estudante postou no Facebook fotos de cadernos de questões distribuídos pelo colégio idênticas às que caíram no exame do governo. As questões saíram de um pré-teste do Enem aplicado no colégio em outubro de 2010. O Ministério Público tentou ampliar a anulação para todo o país, mas o recurso não foi aceito



29/OUTUBRO


Lula revela ter câncer e passa por quimioterapia

Após queixar-se durante semanas de rouquidão e dores na garganta, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi diagnosticado no final de outubro com câncer de laringe. O anúncio foi feito no dia 29. Lula passou por três sessões de quimioterapia e, em 12 de dezembro, seu médico disse que o tumor sofreu redução de 75%. Uma cirurgia foi descartada. Na foto divulgada em 16 de novembro, Lula aparece pela 1ª vez sem cabelo e barba

 


7/NOVEMBRO


Poço da Chevron no RJ vaza e deixa mancha de óleo

O vazamento no Campo de Frade, na Bacia de Campos, começou em 7 de novembro, mas só foi divulgado dias depois. A mancha chegou a ter 11,8 km². A petroleira americana Chevron, que opera o campo, é suspeita de ter cometido falhas e de omitir informações. Foi multada em R$ 50 milhões. PF, ANP e governo do RJ investigam o caso. Na foto, protesto do Greenpeace no Rio em 19 de novembro

 


8/NOVEMBRO


Alunos da USP invadem reitoria e são retirados pela PM

A detenção de três estudantes que estavam com maconha na USP, em outubro, desencadeou uma onda de protestos por parte de alunos contra a presença da PM no campus. A reitoria foi invadida. No dia 8, a Tropa de Choque cumpriu ordem da Justiça e retirou os alunos. Ao todo, 72 pessoas foram detidas e indiciadas por descumprimento e dano ao patrimônio público. Na foto, um protesto contra a PM em 31 de outubro

 


8/NOVEMBRO


Crise se agrava na Itália, e Berlusconi renuncia

Rumores sobre a possível saída de Silvio Berlusconi e pressões para que ele deixasse do governo cresceram no fim de outubro, com a desconfiança de que seu gabinete já não teria a maioria em uma votação de orçamento. O premiê que ficou mais tempo no cargo desde 1945 sofreu desgastes entre escândalos sexuais e a situação italiana em meio à crise. Saiu em 8 de novembro. Na foto, Berlusconi após discurso em 13 de outubro

 


10/NOVEMBRO


Ação na Rocinha prende o chefe do tráfico Nem

Em 9 de novembro, a polícia montou cerco na Rocinha para preparar a ocupação da comunidade. Um dia depois, o traficante Antônio Bonfim Lopes, o Nem, apontado como chefe do tráfico na favela, foi preso. Ele tentava fugir escondido em um carro. A ocupação da Rocinha ocorreu no dia 13. Nenhum tiro foi disparado. Na foto divulgada no dia 11, o traficante Nem na prisão de Bangu

 


 

29/NOVEMBRO


Médico pega 4 anos pela morte de Michael Jackson

O julgamento de Conrad Murray, médico que cuidava de Michael Jackson quando o cantor morreu, durou 7 semanas. Em 7 de novembro, ele foi declarado culpado. No dia 29, saiu a sentença: 4 anos de prisão, sem direito a condicional, além da perda da licença médica. Para o juiz, a morte do cantor se deu pelas ações e falhas de Murray. Na foto, o dia em que foi divulgada a sentença

 


1/DEZEMBRO


Economia fica estagnada, e governo estimula o consumo

Às vésperas do Natal, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou medidas para estimular o crédito e a redução de imposto sobre itens de consumo, como geladeiras e fogões. O anúncio foi feito em 1º de dezembro como forma de reaquecer a economia. Cinco dias depois, o IBGE divulgou que o PIB brasileiro não cresceu no terceiro trimestre. Na foto, Mantega em 25 de julho

 


6/DEZEMBRO


Senado muda e aprova o Código Florestal

O código que regula a forma como a terra pode ser explorada e estabelece onde a vegetação nativa deve ser preservada foi aprovado em maio na Câmara após acirrada disputa contra a vontade do governo. O texto seguiu para o Senado, onde passou por novas modificações e foi aprovado em 6 de dezembro. De volta à Câmara, só deve ser votado em 2012 e só então irá para a sanção de Dilma. Na foto, senadores com o placar da votação ao fundo

 


11/DEZEMBRO


Eleitores do Pará rejeitam a divisão do estado

Os eleitores paraenses rejeitaram, em plebiscito, a proposta de retalhar o território do estado. A criação de Carajás teve 66,6% de votos contrários, e Tapajós, 66,08%. O principal argumento defendido pelas frentes separatistas durante a campanha era a necessidade de investimentos nas regiões, distantes da capital Belém. Na foto, população celebra nas ruas de Belém em 11 de dezembro

 


13/DEZEMBRO


Físicos dizem estar próximos da 'partícula de Deus'

Dois grupos de cientistas anunciaram ter 'encurralado' o 'bóson de Higgs', uma partícula teórica que ajuda a explicar como ocorreu a formação do Universo. Apelidada de 'partícula de Deus', ela seria responsável pelo surgimento da massa de tudo que existe no Universo. Os dados são insuficientes para afirmar com certeza que ela existe, mas, se existir, os pesquisadores acreditam saber onde ela deve estar